Bahia Brasil Covid-19 Destaque Educação Estado Noticias Saúde Sudoeste da Bahia Vitímas www.ZUMPE.com.br

COVID-19: Ministério Público recomenda que municípios proíbam fogueiras e queima de fogos de artifício

A orientação do MP sugere que os gestores municipais editem ato normativo determinando a proibição.
Com a proximidade da data oficial do São João, o Ministério Público (MP) recomendou às prefeituras de Santo Antônio de Jesus, Varzedo, Dom Macedo Costa e Mutuípe que proíbam o acendimento de fogueiras e queimas de fogos de artifício, em locais públicos ou privados, em razão da pandemia da Covid-19. O MP indica que os gestores municipais editem ato normativo determinando a proibição.
Recomenda ainda que seja feito o uso do poder de polícia, caso necessário, para o cumprimento da determinação, indicando também medidas administrativas para coibir a desobediência ao ato, a exemplo de suspensão concessão e renovação de autorizações para estabelecimento de venda de fogos de artifício, cassação das autorizações já concedidas, fiscalização para impedir acendimento de fogueiras e queima de fogos e aplicação de sanções, como multa e apreensão de material.

O promotor Thiago Cerqueira Fonseca argumenta que a tradição junina de acender fogueiras e queimar fogos de artifício, apesar do forte caráter cultural, não pode prevalecer sobre o direito à saúde e à vida. Na recomendação, o promotor lembra ainda que essa tradição, naturalmente, provoca aglomerações, comprometendo a eficácia do isolamento social com medida para contenção da pandemia.

Além disso, eleva os riscos de doenças e problemas respiratórias, bem como queimadura e acidentes, podendo impactar na procura das unidades de saúde e, com isso, agravando a superlotação da rede hospitalar. “A superlotação das instituições hospitalares, públicas e privadas, poderá inviabilizar o atendimento de todos os que necessitarem de atendimento médico, inclusive os intoxicados pela fumaça das fogueiras e os queimados pelo manejo de fogos de artifício, para além das complicações decorrentes da Covid-19″, reforça o promotor. Do Acorda Cidade

Related posts

Bahia registra 1.147 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e 72 óbitos que ocorreram em diversas datas

NS.ZUMPE

Homem morre em grave acidente de trabalho, prensado em máquina de tratamento de algodão

NS.ZUMPE

Covardia! Filho mata pai com vários golpes de faca, no Oeste da Bahia

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *