Bahia Classificados Comércios Destaque Educação Noticias Saúde

Estudantes de Poções apresentam projeto sobre a recuperação de nascentes nos Emirados Árabes

As estudantes Brizza Mota e Bruna Palmeira, ambas de 18 anos, que concluíram o Ensino Médio, no Colégio Estadual Eurides Santana, no município de Poções, estão em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, representando a Bahia na Esi Mundi 2019, feira de Ciências de prestígio internacional, que começou domingo (22) e prossegue até sábado (28). Justamente com a professora orientadora, Lucineide Dias, elas foram credenciadas a partir da premiação, em primeiro lugar, na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (FENECIT), pelo projeto “As Nascentes do Rio das Mulheres – Cuidar para não morrer”. O projeto foi desenvolvido na unidade escolar no âmbito do Ciência na Escola, que é promovido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), para fomentar o fazer ciência em sala de aula.

O projeto tinha o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância da preservação das nascentes do rio na cidade de Poções. Além disso, tinha a finalidade da criação de mecanismos para a revitalização das nascentes, a exemplo da realização de palestras e da participação de audiências públicas sobre a água. Mas o êxito foi bem maior do que elas esperavam. Com o projeto, as estudantes mobilizaram toda a sociedade, órgãos públicos, e conseguiram recuperar nascentes no município.

A iniciativa fez das estudantes premiadas em feiras científicas em várias regiões do país. Dentre as premiações, para citar alguns exemplos, em 2018, elas conquistaram o prêmio internacional, reconhecimento de Geocientistas por Excelência, concedido pela Associação para Mulheres Geocientistas (AWG). No mesmo ano, conquistaram o primeiro lugar e prêmio ‘Dez melhores’ da 14ª Feira Nordestina de Ciências e Tecnologia (FENECIT).

Brizza Mota contou que é a primeira vez que viajou para fora do país, mas nem isto é tão emocionante como o reconhecimento de um trabalho. “Já recebemos diversas premiações, como na 6ª FECIBA (Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia), onde tiramos o primeiro lugar e, como prêmio, recebemos uma credencial para a FEBRACE (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) e uma bolsa do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico). No evento, não estamos representando apenas a Bahia, mas também o ensino público e, especificamente, as Ciências Humanas, que é uma área pouco valorizada pela comunidade científica”, declarou a estudante orgulhosa pela oportunidade.

Bruna Palmeira falou que está vivenciando um sonho. “Isto é muito incrível. Esta é uma das maiores feiras do mundo e nós viemos de uma escola de ensino regular no interior a Bahia. Então, é gratificante estar aqui representando a escola pública e o nosso Estado”, afirmou.

Related posts

Municípios que integram a 34ª CIPM/Brumado teve queda de 53,8% no número de crimes violentos, diz SSP

NS.ZUMPE

Linhas aéreas Azul vai abrir unidade de cargas na cidade Guanambi Bahia

NS.ZUMPE

Deputado Charles Fernandes entrega novo lote de equipamentos para associações rurais

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *