Brasil Destaque Distrito Federal-Brasilia Noticias Política www.ZUMPE.com.br

Fernando Collor é cotado para Ministério das Relações Exteriores

Depois que o atual ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, falhar e não conseguir negociar o empréstimo de aeronaves militares dos Estados Unidos para levar oxigênio ao Amazonas, cresceram as críticas ao trabalho do ministro e os rumores de que ele seria substituído em breve e deixaria com comando da pasta.

O nome do ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PROS-AL) já surge como alternativa.

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entendem que um bom desempenho da pasta é fundamental no momento de crise provocado pela pandemia, principalmente por conta do processo de negociações por vacinas e insumos para o combate à Covid-19.

Para eles, seria fundamental que a pasta tivesse um político no comando. As informações são da coluna de Andréia Sadi

Apoiadores do presidente apontam o desempenho ruim de Araújo como  um dos principais causadores do atraso na campanha de imunização no país e os recorrentes ataques a outras nações, em especial a China, nas redes sociais como um dos principais problemas.

Ministro Ernesto Araújo não consegue negociar empréstimo de aviões americanos.

[Ministro Ernesto Araújo não consegue negociar empréstimo de aviões americanos]

O ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, não conseguiu alcançar o sucesso nas negociações para contar com a ajuda dos Estados Unidos no transporte de oxigênio para Manaus. Ao todo, foram 18 rodadas de negociação para que os americanos emprestassem aeronaves militares necessárias ao transporte do gás hospitalar.

Na rodada mais recente, uma nova condição teria sido imposta pelos Estados Unidos para ceder as aeronaves: seria necessário que o Brasil reembolsasse financeiramente os americanos pelo uso do equipamento militar. A contrapartida financeira não é comum nas negociações que envolvem crises e causas humanitárias.

Araújo tenta a liberação de aviões cargueiros militares dos EUA desde o primeiro dia de colapso dos hospitais em Manaus, no dia 14.

Related posts

Guanambi: Mais 4 casos da covid-19 são confirmados e número sobe para 22

NS.ZUMPE

CAETITÉ: Novos equipamentos chegam ao Hospital do Câncer (UNACON)

NS.ZUMPE

CAETITÉ: Corpo de homem é encontrado em estado de decomposição

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *