Bahia Brasil Destaque Noticias Política Saúde www.ZUMPE.com.br

Herzem reconhece dívida com Policlínica contradizendo sua própria ‘Secom’.

Maria Marques e Herzem Gusmão
Em entrevista coletiva cedida a jornalistas convidados, o prefeito e radialista Herzem Gusmão acabou confessando que ao contrário das notas emitidas pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura (Secom), o governo municipal, de fato, não fez nenhum pagamento ao Consórcio Interfederativo de Saúde da Região de Vitória da Conquista e Itapetinga ( Policlínica), encerrando a queda de braço entre as assessorias de imprensa de ambas instituições, que nos últimos dias trocaram notas opostas.

Segundo Herzem, o motivo do não pagamento foi a falta de previsão no orçamento do ano passado. Logo em seguida, ele afirma ter o dinheiro, mas não efetuar o pagamento por uma questão técnica. “Nós estamos trabalhando para viabilizar o pagamento (…) O Secretário diz que é só uma questão técnica.  É que a gente não pode pagar. Tem o dinheiro, mas não pode pagar. Uma questão meramente técnica (…)  Pode procurar o técnico Alex, que é inclusive um quadro [pertencente] à Secretaria de Saúde. O Alex foi emprestado pelo governo do Estado, é um homem que conhece, é um técnico. Ele disse: ‘Prefeito, a gente não pode pagar. É uma questão de dotação’. Nós estamos trabalhando pra isso [pagar]”, afirmou o prefeito de Conquista.

Até esta terça-feira (01) as notas explicativas sobre o assunto, assinadas pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Conquista – SECOM, em nome da Secretaria Municipal de Saúde, insistiam em afirmar que os pagamentos estavam sendo efetuados via desconto na fonte do ICMS. “A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informa que é de amplo conhecimento que as parcelas mensais são repassadas ao Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Vitória da Conquista e Itapetinga, mediante débito em conta, por meio de retenção do ICMS municipal na fonte.

Portanto, o pagamento referente à manutenção do Consórcio, bem como para manutenção da Policlínica, independe de trâmites financeiros por parte da Prefeitura Municipal, bastando, apenas, a assinatura de adesão ao Consórcio, a qual foi realizada no dia 17 de abril de 2019″, dizia a nota da Secom, disparada a qualquer veículo de comunicação que solicitasse um posicionamento sobre o tema. 

Ao ser questionado sobre a possibilidade do rompimento da Prefeitura com a Policlínica, Gusmão disse que foi a Policlínica que rompeu com a Prefeitura ao suspender os atendimentos por inadimplência, o que chamou de “indelicadeza” e “falta de respeito com Conquista”. Herzem ainda disse que a situação é resultado de uma perseguição politica contra ele.

Paradoxalmente, a coletiva de imprensa que desmentiu a própria Secom da Prefeitura, foi convocada justamente para empossar a nova Secretária de Comunicação, Maria Marques, que assume uma instituiçaõ com idoneidade abalada e competência questionada pelo próprio prefeito. Em tempo, o Blog do Caique Santos, foi preterido da coletiva de imprensa. Apesar dequase 03 anos trocando emails com a Secom, todos com a assinatura constando 02 números de  “whatsapps”, a mesma alegou não ter nosso contato para fazer o convite para a coletiva. Por: Caique santos

Related posts

Morre Jesus Sangalo, irmão e ex-empresário de Ivete Sangalo

NS.ZUMPE

O Governo do Estado enviou, 563 mil máscaras de TNT , 61 bolhas de contenção e 310 protetores faciais de acrílico

NS.ZUMPE

Acidente envolvendo caminhão e uma van deixa uma marca de12 mortos

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *