Brasil Destaque Noticias Polícia www.ZUMPE.com.br

‘Meus dois netinhos, meus bebês’, lamenta avó, no velório dos irmãos mortos na Baixada Fluminense

RIO — Os corpos dos irmãos Luiz Felipe da Silva e Fabrício Victor da Silva estão sendo velados em capelas, lado a lado, no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu na manhã deste domingo. Neiva Gomes da Veiga, a avó de Fabrício, foi a primeira a chegar. Em desespero, a mulher abraçou cada um dos netos e depois precisou ser atendida por uma enfermeira.

— Meus dois netinhos, meus bebês. Meu Deus! — dizia a avó, aos prantos.

Neiva é mãe do pai de Fabrício, de 15 anos. Ela considera Luiz Felipe como neto. O jovem foi criado pelo pai de Fabrício, o motorista de ônibus Fabiano Veiga da Silva, 34 anos, desde recém- nascido. Neiva da Veiga passou muito mal durante o velório, teve uma crise de hipertensão e está sendo atendida por médicos de uma ambulância do Samu.

Fabiano estava na cidade de Mauá, em São Paulo, quando uma pessoa da família ligou avisando da morte dos dois jovens. Luiz Felipe e Fabrício foram encontrados mortos, junto com o primo, Breno da Silva Pimentel, de 18 anos, no terreno de uma empresa de ônibus em Nova Iguaçu, na manhã de sábado.

— Eu não sei o que aconteceu. Perdi os meus dois filhos. Um de sangue, o Fabrício,  e o outro de criação, Luiz Felipe. Meu filho era muito estudioso. A gente não sabe o que está acontecendo. Os parentes estão sofrendo muito — disse Fabiano, que mora em Niterói, e precisou de atendimento médico mais de uma vez ao longo do enterro.

Related posts

Nota de pesar aos familiares e amigos das vítimas do trágico acidente ocorrido na noite de quarta- feira 02/10

NS.ZUMPE

Alta no preço do ouro impulsiona garimpo ilegal na Amazônia

NS.ZUMPE

Com mãos e pés algemados, mulher mais perigosa da Bahia desembarca em Salvador

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *