Bahia Brasil Destaque Eleições 2020 Noticias Política Sudoeste da Bahia Vitória da Conquista www.ZUMPE.com.br

Vitória da Conquista: 440 candidatos concorrerão a 21 vagas na Câmara Municipal

Terminou neste sábado (26), o prazo para os partidos políticos registrarem seus candidatos para as eleições 2020.

Em Vitória da Conquista, 19 partidos lançaram 440 candidatos às 21 cadeiras legislativas disponíveis na Câmara Municipal, concorrência de quase 21 candidatos por vaga.

Para a prefeitura, sete candidaturas foram registradas – Cabo Herling (PSL), David Salomão (PRTB), Herzem Gusmão (MDB), Maria Stella (Rede), Professor Ferdinand (PSol), Romilson Filho (PP) e Zé Raimundo (PT). 

Todos os candidatos foram formalizados e terão suas candidaturas avaliadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Opositores e o Ministério Público Eleitoral podem apresentar impugnações às candidaturas e os candidatos podem ser impedidos de disputar caso seja constatada alguma irregularidade ou impedimento.

Independente do deferimento dos registros, a partir deste domingo (27), os postulantes aos cargos eletivos podem divulgar seus números e pedir votos, tanto pessoalmente quanto pela internet. No dia 9 de outubro começa a propaganda eleitoral gratuita no rádio. O primeiro turno será realizado no dia 15 de novembro, caso haja segundo turno, a votação será no dia 29 de novembro.

Os candidatos vão disputar os votos dos 231.176 eleitores aptos a votar no município. O eleitorado é composto por 54% de eleitoras do sexo feminino e 46% do sexo masculino. Vitória da Conquista ganhou 578 novos eleitores em quatro anos.

Com relação a 2016, houve um aumento de 23% no número de candidaturas ao cargo de vereador. Na última eleição municipal, 358 pessoas concorreram a uma vaga na Câmara Municipal, sendo que oito candidatos acabaram desistindo da disputa e 35 tiveram os registros indeferidos.

Do total de candidatos ao legislativo em 2020, 139 são do sexo feminino e 301 do sexo feminino. As mulheres estarão representadas em 2020 nas eleições com 31,5% das candidaturas, percentual pouco acima do mínimo exigido pela legislação eleitoral que determina cotas de vagas para mulheres concorrerem nos cargos de eleições proporcionais.

Quanto ao estado civil, 49,8% dos candidatos são casados, 38,8% são solteiros, 9,69% divorciados e 1,76% viúvos. Os jovens são minoria na disputa. Entre os candidatos, apenas 28 possuem menos de 30 anos. Os que possuem entre 30 e 60 anos são 352 e 60 têm mais de 60 anos.

Já em relação à escolaridade dos candidatos, 22,03% possui ensino superior completo e 5,51% incompleto. O ensino médio foi concluído por 37,89% e iniciado mas não concluído por 5,51%. O ensino fundamental é a principal formação de 11,23% dos candidatos, outros15,64% não concluíram esta etapa do ensino. Dez candidatos declararam apenas saber ler e escrever.

A profissão com mais candidatos é a de comerciante, 38 no total, seguida pela ocupação de empresário, 20 candidaturas. 14 declararam profissão como vereador, 13 dona de casa, 12 vendedor de comércio varejista e atacadista e 11 advogados.

Os partidos PP, Podemos, PC do B, PTC e PSC lançaram o número máximo permitido de candidatos a vereador, 32 cada. PSDB tem 31 candidatos, PRTB concorre com 27, Avante com 26, PSB com 25, Republicanos com 25, DEM com 24, MDB com 24, PL com 24, PTB com 22, PT com 20, Patriota com 17, PSD com 10, PSOL com 5 e Rede com 3.

Em 2020, pela primeira vez, não foi permitida a coligação entre partidos para a disputa das eleições de vereador. Os partidos puderam lançar até 1,5 vezes o número de cadeiras existentes. Já para a eleição de prefeito, os partidos puderam formar as alianças como nos anos anteriores.

 

Agencia sertão

Related posts

CAETITÉ: Informações sobre o cadastro para o Programa Garantia – Safra 2020/2021

NS.ZUMPE

Bahia registra 3.926 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e contabiliza 67 óbitos que ocorreram em diversas datas

NS.ZUMPE

Paramirim: Mulher morre em acidente na BA-152

NS.ZUMPE

Deixe o seu Comentário

Prove que é Humano *